quarta-feira, 17 de agosto de 2011


Te inventei, desenhando com traços fortes a imagem que fiz pra você. Criei um personagem que não é de conto nem de fadas e sim um heroi contemporâneo com identidade revelada. Passei dias ocupada na minha criação, que seria a mais perfeita que já inventei. Criei. E como faz para (des) criar? (des) apagar (des) inventar?

MALDITA CRIATIVIDADE...

2 comentários:

  1. Eu adoro criar personagens, mas não se a fórmula de "descriá-los".

    ResponderExcluir
  2. The imagination of ones mind is a beautiful thing.

    ResponderExcluir